MP denuncia PMs suspeitos de torturar mulher na zona sul de Manaus

A sessão de tortura teria acontecido no dia 12 de agosto de 2023, durante operação policial

Manaus – O Ministério Público do Amazonas (MPAM) denunciou, seis policiais militares suspeitos de torturarem uma moradora do bairro Educandos, zona sul da capital amazonense. A sessão de tortura teria acontecido no dia 12 de agosto de 2023, durante operação policial.

(Foto:: Reprodução)

Segundo o MPAM seis policiais militares, integrantes da Secretária Executiva Adjunta de Operações (SEAOP) foram indiciados pelos crimes de abuso de autoridade, lesão corporal, furto qualificado e falsidade ideológica

Na época, o MPAM chegou a pedir a prisão preventiva de dois dos policiais, um subtenente e um cabo, que não tiveram os nomes revelados.

De acordo com o órgão, os policiais militares, armados com fuzis chegaram à casa da vítima, que também funciona como distribuidora de bebidas, arrombaram o gradil e iniciaram as torturas a procura de drogas e de uma arma que seria supostamente do namorado da vítima.

Em depoimento no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) a mulher disse que os policiais procuravam o namorado dela conhecido como Jandersson que seria responsável por tráfico de drogas na zona sul. O advogado da mulher alegou que os policiais também plantaram drogas na distribuidora. A mulher foi levada ao DIP com uma porção de droga, porém, segundo a defesa, a porção é suspeita já que os policiais levaram uma bolsa de dentro do carro deles para a casa da mulher.

Anúncio