MPAM ajuíza ação para que Estado reponha viaturas policiais recolhidas em Lábrea, no AM

Viaturas da Polícia Militar da cidade foram recolhidas após o término do contrato de locação dos veículos

Manaus – O Ministério Público do Amazonas (MPAM) ajuizou uma Ação Civil Pública por meio da Promotoria de Justiça de Lábrea, para obrigar o Estado a disponibilizar novas viaturas para os serviços de segurança prestados pela 4ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) naquele município. O Promotor de Justiça Sylvio Henrique Duque Estrada recebeu a denúncia de que as viaturas da Polícia Militar da cidade foram recolhidas após o término do contrato de locação dos veículos, prejudicando as rondas de patrulhamento, que vêm sendo realizadas em veículos de passeio descaracterizados e, eventualmente, em uma camionete cedida emergencialmente pelo ICM-BIO.

Viaturas da Polícia Militar da cidade foram recolhidas após o término do contrato de locação dos veículos, (Foto: Divulgação / PMAM por MPAM)

A ACP inclui pedido liminar visando o fornecimento três viaturas policiais de perfil alto, com tração nas quatro rodas e todas as adequações necessárias aos serviços prestados pelos policiais, no prazo de 15 dias. Segundo o Promotor de Justiça Sylvio Henrique, a ausência de viaturas da Polícia Militar, em quantidade condizente com o efetivo policial presente na cidade, representa risco à segurança pública da cidade, em desrespeito ao direito fundamental à segurança de seus cidadãos.

O patrulhamento policial possui aspecto preventivo, visando inibir a criminalidade em razão da demonstração de presença policial, o que somente é possível se realizada por meio de veículos caracterizados, inclusive com uso de sirenes de alerta, giroscópio e adesivos sinalizadores.