Musicista com sequela da Covid-19 recebe alta após mais de um ano internada

Eva precisou passar por um parto prematuro ao ser diagnosticada com Covid-19

Manaus – Após passar mais de um ano internada com sequelas da Covid-19, a musicista Eva Rodrigues, 39, recebeu alta e voltou para casa nesta sexta-feira(11), em Manaus.

Grávida, Eva foi diagnosticada com Covid-19 no final de 2020, quando faltava apenas duas semanas para o nascimento do terceiro filho, Ethan. A musicista precisou passar por um parto prematuro e foi internada na maternidade Ana Braga, unidade estruturada na época para receber gestantes diagnosticada com Covid-19.

Após uma infecção pela doença, a paciente teve sequelas neurológicas incapacitantes, ficando internada em uma unidade de saúde privada até esta sexta-feira(11), quando recebeu alta médica.

blank

(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

A luta da musicista passou a ser compartilhada nas redes sociais, onde foi possível conseguir os equipamentos necessários para adaptar uma quarto na casa da família. Ela ainda vai ser acompanhada por uma equipe de profissionais como fisioterapeutas, fonoaudiólogos e técnicos de enfermagem.

blank

(Foto: Reprodução / Instagram)

A família ainda precisa de ajuda para realizar o acompanhamento e tratamento de Eva Rodrigues. Para quem deseja fazer doações, o PIX [email protected] está disponível para os recebimentos. Mais informações sobre como ajudar podem ser obtidas através do número: (92) 98823-3318.

Veja vídeo:

Anúncio