No Boi Manaus, 18 mil pessoas cantam parabéns à cidade pelos 350 anos

Além do tradicional show pirotécnico, a apresentação do cantor Arlindo Jr marcou a primeira noite. Recentemente diagnosticado com câncer no cérebro, o cantor recebeu o carinho dos fãs

Manaus – À meia-noite, uma explosão de cores no céu do Complexo Turístico Ponta Negra anunciou a chegada do dia 24 de outubro, data em que a capital do Amazonas celebra 350 anos. Mais de 18 mil pessoas participaram da celebração de aniversário ao som do ritmo que traduz a identidade amazônica, no Boi Manaus, promovido pela prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

“Sabemos que o que Manaus tem de melhor é essa população tão querida. Por isso, em nome do prefeito Arthur Virgílio Neto, viemos aqui agradecer a Deus e ao povo, que a Prefeitura de Manaus tem buscado servir com muita alegria e honra”, disse a secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania, Conceição Sampaio. “Quero aproveitar e parabenizar à Manauscult por essa festa tão bonita. É lindo ver o azul e o vermelho juntos saudando os 350 anos de Manaus”.

A programação continuou nesta quinta-feira (24), com os artistas iniciando as apresentações às 16h (Foto: Nathalie Brasil/Semcom)

Na primeira noite do evento subiram ao trio os cantores Klinger Júnior e grupo Kuarup; Robson Jr e Hellen Veras; A Toada e Carlos Batata; Carlinhos do Boi e Canto da Mata; Fábio Casagrande e P.A Chaves; Prince do Boi; Arlindo Jr; Sebastião Jr; e os bois de Manaus Corre-Campo, Garanhão e Brilhante.

“Temos muito orgulho da nossa história e identidade e este momento de celebração do folclore, da cultura popular é muito significativo para os 350 anos da cidade. A nossa cara amazônica está aqui, neste balanço único que é o boi-bumbá”, avaliou o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula. “Ano passado inauguramos o Museu da Cidade e este ano damos continuidade à ressignificação do Centro Histórico levando cultura em suas mais diversas manifestações artísticas, como entregando à população o Centro Cultural Oscar Ramos, onde ficará exposto um acervo do artista que dá nome ao local. Também temos o resgate do Hino de Manaus que foi regravado conforme a partitura original”, completou.

Além do tradicional show pirotécnico, a apresentação do cantor Arlindo Jr marcou a primeira noite do evento. Recentemente diagnosticado com câncer no cérebro, o ‘Pop da Selva’ recebeu, por vários momentos, a demonstração de carinho e apoio dos fãs por todo o percurso do trio.

“Eu só tenho a agradecer o carinho da galera. Vou começar um novo tratamento e vamos continuar lutando e venceremos, mais uma, se Deus quiser. Se hoje eu estou aqui, lutando, é por vocês. Vamos continuar divulgando o nosso Amazonas, a nossa Manaus”, afirmou Arlindo Jr, emocionado, sendo aplaudido pelo público que seguia seu trio.

A programação continuou nesta quinta-feira (24) com os artistas iniciando as apresentações às 16h.