No Centro, Praça da Matriz recebe primeira árvore do ‘Natal do Abraço’

Para festejar o Natal, durante o mês, outras árvores serão erguidas na Bola do Produtor, na zona leste, na Avenida Max Teixeira, zona norte, e no Complexo Turístico Ponta Negra, na zona oeste

Manaus – A pouco mais de um mês para o Natal, a Prefeitura de Manaus entregou, na noite deste domingo (22), a primeira das quatro grandes árvores do “Natal do Abraço” 2020. O primeiro espaço da cidade a receber o símbolo natalino foi a Praça 15 de Novembro – também conhecida como Praça da Matriz -, em frente à Catedral Metropolitana de Manaus, no Centro.

Segundo a vice-presidente do Fundo Manaus Solidária, Mônica Santaella, o objetivo da entrega da árvore é que o Natal tenha um significado especial, com fé e esperança. “Por isso nossa primeira árvore tem toda essa simbologia. Ela é colocada na Praça da Matriz, na frente da nossa catedral, e traz a representação de Nossa Senhora para representar as mães, a proteção e a esperança de que o ano que vem seja um ano melhor”, disse.

Em formato de Nossa Senhora, árvore de Natal possui 15 metros de altura e muda de cor constantemente (Foto: Altemar Alcântara / Semcom)

Criação

Para o pároco da Igreja da Matriz, padre Hudson Ribeiro, a entrega foi um marco para todos que frequentam a praça e a igreja. “A gente tem uma árvore bem bonita, em formato que lembra a maternidade. A gente precisa de beleza, pois tem muita coisa feia no mundo, muita violência. Eu acredito no poder que a arte pode expressar e tem para trazer algo novo, então isso embeleza a praça”, destacou o padre.

O trabalho de criação da primeira árvore envolveu cerca de 100 trabalhadores da equipe do artista plástico Juarez Lima. “O Natal nos ascendeu uma nova esperança. A gente não queria só fazer uma árvore, um pinheiro decorado, com bolas e Papai Noel. A gente queria algo diferente, uma imagem branca que representasse a pureza”, explicou o artista plástico.

Mais três árvores natalinas devem ser entregues pela Prefeitura de Manaus: uma na Ponta Negra, zona oeste; outra na Bola do Produtor, zona leste; e a árvore especial feita de garrafas pet, na Avenida Max Teixeira, zona norte da cidade.

Anúncio