Obras ampliam rede de esgoto em 125 quilômetros na capital amazonense

O Prosamim, com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), abre três etapas de ampliação do programa, que após a conclusão, serão repassadas pelo Estado à Prefeitura

Manaus – A cidade de Manaus terá em breve novas redes de esgotamento sanitário, com aproximadamente 125 quilômetros de extensão, e duas novas Estações de Tratamento de Esgoto. Os investimentos são provenientes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio das obras das três fases do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) que, após a conclusão, serão repassadas pelo Governo do Estado à Prefeitura de Manaus. O novo sistema vai contribuir com o aumento do percentual de cobertura do serviço de coleta e tratamento do esgoto da cidade, conforme determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, o qual antecipou para 2030 o atingimento da meta de 80% no serviço de esgotamento sanitário para a cidade de Manaus.

O investimento é da ordem de R$ 36,5 milhões e contou com aporte do BID e Governo do Estado (Foto: Tiago Corrêa/UGPE)

A nova rede de esgoto está inserida nas áreas das bacias dos igarapés localizados na zona sul e área central de Manaus. Bairros como Cachoeirinha, Praça 14, Petrópolis e Raiz já estão com 100 quilômetros de rede concluídos. Outras áreas como Aparecida, Centro, Presidente Vargas, Glória, Santo Antônio e São Raimundo estão com as obras da nova rede em andamento e a execução dos trabalhos já ultrapassa os 53%, o que representa a construção de 12,9 quilômetros da rede, sendo três na margem direita e seis na margem esquerda.

Todas as obras, incluindo as da ETE Educandos estão sendo acompanhadas pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman). O investimento é da ordem de R$ 36,5 milhões e contou com aporte do BID e Governo do Estado. A ETE Raiz ainda está em projeto e será construída pela concessionária dos serviços de água e esgoto.

O diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho, destaca que além da expansão do serviço de esgotamento sanitário, a cidade de Manaus será beneficiada com a melhoria da qualidade da água dos igarapés, a partir do momento em que os imóveis estiverem conectados à nova rede.

“Com isso, o esgoto será efetivamente tratado com destinação adequada e não mais despejado nas redes de drenagem ou em via pública e principalmente diretamente nos igarapés, como costumeiramente ainda acontece não só em Manaus, mas como também em várias outras cidades”, afirmou.

As obras das três fases do Prosamim, além do Centro e da rede de esgoto que já existe no bairro Educandos atenderão a aproximadamente 31 mil domicílios, cuja previsão de contribuição será de 1.130 litros por segundo de esgoto.

Fábio explica ainda que os primeiros 100 quilômetros que já estão disponíveis para o repasse à Prefeitura de Manaus estão passando por alguns ajustes. Todas as tratativas estão sendo acompanhadas pela Ageman, Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Estado e também pela concessionária Águas de Manaus, a qual ficará responsável pela operação de toda a rede e também das novas ETE´s.

São Raimundo terá alteração no trânsito e itinerário dos ônibus

A Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) vai iniciar mais uma etapa das obras de construção de redes de esgoto na bacia do São Raimundo, a partir da próxima quarta-feira (31). Os serviços vão ocasionar a interdição parcial e total de ruas do bairro, assim como o itinerário do transporte público na localidade. As interdições se estenderão até o dia 30 de agosto e vão ocorrer em dois momentos na Avenida Presidente Dutra e na Rua 5 de Setembro.

“Estamos cumprindo um extenso cronograma de execução dos serviços na bacia do São Raimundo para trazer mais dignidade aos moradores”, destacou o coordenador executivo da UGPE, Marcellus Campêlo.

A interdição total na Avenida Presidente Dutra irá compreender do trecho da Rua 5 de setembro até o cruzamento com a Rua da Cachoeira. Outro trecho de interdição total será da Rua 5 de Setembro, a partir das proximidades da Rua Boa Vista até o cruzamento com a Avenida Presidente Dutra.

Ocorrerá interdição parcial da Avenida Presidente Dutra, a partir do cruzamento com a Rua da Cachoeira, seguindo no sentido da Praça da Glória. Outro trecho com interdição será da Rua 5 de Setembro, a partir do cruzamento com a Avenida Presidente Dutra até a Rua do Rosário.
Em virtude dessas interdições, algumas linhas do transporte público terão suas rotas alteradas. As linhas 002, 100, 101, 110, 112 e 129 terão seus trajetos alterados, devido à interdição na Avenida Presidente Dutra, e seguirão pela Rua Boa Vista durante o período da interdição.

Anúncio