‘Pessoas do bem’, dizem amigos sobre vítimas de chacina

Os corpos de duas vítimas da chacina ocorrida no bairro Nova Cidade estão sendo velados em um pátio do Prosamim, no Centro de Manaus

Manaus – Os corpos de duas vítimas da chacina ocorrida no bairro Nova Cidade, liberados pelo Instituto Médico Legal (IML), estão sendo velados em um pátio do Prosamim, no Centro de Manaus. No local estão familiares e amigos das vítimas. A equipe de reportagem do GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (GDC) tentou falar com os familiares, mas teve a entrada proibida no local por se tratar de um “momento em que pessoas estão de luto”.

Maria Isadora de Jesus Roque, 14, e Luiz Carlos Roque de Souza, 19 (Fotos: Reprodução/Facebook)

De acordo com alguns amigos das vítimas, que aceitaram conversar com a equipe do GDC na área externa do conjunto habitacional, as vítimas eram “pessoas do bem”.

“Estamos tristes com essa situação. Pedimos que a imprensa respeite. É um momento de dor. As pessoas estão comovidas com a situação e até o momento ninguém teve apoio das autoridades. Onde estão os nossos governantes? Isso é triste demais, pois vimos as ‘crianças’ crescerem; (as vítimas) falavam com todo mundo”, contaram os amigos, que preferiram não de identificar.

Na tentativa de registrar o velório, populares coibiram a imprensa. Segundo um familiar, até o início da tarde deste domingo (17) o cemitério onde corpos serão enterrados ainda não havia sido escolhido, e familiares ainda tratavam das documentações para os devidos procedimentos.

Anúncio