PMs suspeitos de agredirem homem, em Tefé, são presos

Cabo e soldado estão presos na sede do 3º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Tefé (a 523 quilômetros a oeste de Manaus)

Manaus – O cabo Fabrício Roberto Vale e o soldado Geison Barros, da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), flagrados por câmeras de segurança agredindo um homem em um posto de combustíveis, já estão presos na sede do 3º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Tefé (a 523 quilômetros a oeste de Manaus).

De acordo com denúncia do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), os policiais militares, que no dia da ocorrência estavam de folga e à paisana, agrediram a vítima, Júlio dos Santos Guedes, com empurrões, chutes, pontapés e pancadas com capacetes.

Fórum do município de Tefé (Foto: Divulgação)

O MP-AM informou que tomou conhecimento da agressão no dia 2 de junho deste ano. Na ocasião, a vítima teria sido agredida após pedir aos policiais a quantia de RS 3 para completar o pagamento de uma caixa de cerveja.

O mandado de prisão preventiva foi expedido na última quinta-feira (4) pela juíza plantonista Nayara de Lima Moreira Antunes, da 1ª Vara da Comarca de Tefé, e cumprido por volta das 18h do mesmo dia, nas dependências do 3º BPM.

Conforme o relatório do Comando de Policiamento do Interior (CPI), o mandado de prisão preventiva foi cumprido, sendo acompanhado por um oficial de Justiça, e os dois policiais militares foram recolhidos para o 3º BPM.

O pedido de prisão dos militares foi feito pela 2ª Promotoria de Justiça de Tefé, diante da comoção causada pelo crime.