Acusado de agredir e manter a companheira em cárcere privado é preso

De acordo com a denúncia feita na manhã desta terça-feira (4), o homem disse que iria matar e enterrar a mulher no quintal de casa

Manaus – Um homem de 45 anos foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira (4), após agredir e manter a companheira em cárcere privado. O suspeito foi preso no Conjunto Galiléia, bairro Cidade Nova, na zona norte.

De acordo com a delegada Débora Mafra, titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), a vítima de 36 anos estava sendo agredida e mantida presa em casa desde segunda-feira (2).

O homem de 45 anos foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira (4) (Foto: Eraldo Lopes/Arquivo GDC)

“Desde ontem eles estavam em uma discussão onde ele começou a lesioná-la, inclusive quebrou a porta de um guarda-roupa para bater nela”, disse a delegada.

A vítima estava há seis anos com o companheiro. Segundo relatado na denúncia feita na manhã desta terça-feira, ele iniciou as ameaças e disse que iria matá-la e enterrada-lá no quintal de casa.

“Ela conseguiu vir até a delegacia, denunciou e ele foi preso em flagrante pela equipe policial, trazendo a tranquilidade que a vítima está querendo tanto, porque ela está muito abalada”, relatou a delegada Débora Mafra.