Adolescente é agredido ao cometer arrastão no São José

O menor de idade foi agredido pela população depois de assaltar uma mulher

Manaus – Um adolescente de 17 anos foi apreendido na Rua Lírio do Mar, na manhã desta sexta-feira (2), por fazer arrastões no bairro São José, zona leste de Manaus. Para cometer os crimes, ele utilizava uma moto roubada e um simulacro de arma de fogo.

De acordo com policiais militares da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o adolescente roubou uma moto modelo XRE Honda 300, de placa OSX-1A62, na noite de quinta-feira (1º), e a utilizou até a manhã desta sexta para cometer os arrastões, junto com um comparsa, próximo às paradas de ônibus da região.

Durante as abordagens, uma mulher reagiu. Surpreso com a reação da vítima, o adolescente a agrediu com socos na cabeça. O comparsa conseguiu fugir do local.

“Eu nem acreditei que era um assalto. Continuei andando e ele disse que era sério. Então ele pegou a minha bolsa e o meu celular, me deu dois socos na cabeça e me empurrou. Eu também empurrei ele da moto, depois dele ter me mostrado a arma. Ele caiu um pouco distante e foi nesse momento que as pessoas começaram a agredir ele”, contou a vítima, que preferiu não ser identificada.

A população agrediu o adolescente e em seguida acionou a polícia, que o apreendeu. A mulher agredida registrou um Boletim de Ocorrência (BO) no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde o  menor de idade foi apresentado. Com ele os policiais encontraram uma mochila, quatro aparelhos celulares e uma máquina de cartão de crédito. O adolescente foi levado para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Galiléia, na zona norte, e a mulher foi conduzida ao Instituo Médico Legal (IML), na mesma zona, para fazer o exame de corpo de delito.

O adolescente já tinha passagem pela polícia por roubo e agora deve permanecer na unidade policial onde foi apresentado. Ele deve responder pelos crimes de roubo, ameaça e lesão corporal. A polícia segue nas buscas pelo comparsa que fugiu.

Anúncio