Advogado suspeito de tentativa de feminicídio é preso em Manaus

O advogado é suspeito de cometer o crime contra a sua ex-namorada no dia 20 de março

Manaus – A Delegacia Especializada em Crimes Contra à Mulher (DECCM) cumpriu um mandado de prisão na manhã desta quinta-feira (8), em nome do advogado Marcelo Oliveira Gonçalves, 40, por tentativa de feminicídio.

Marcelo é suspeito de cometer o crime contra a sua ex-namorada, Teresa Victória Pinheiro (Foto: Natasha Pinto/GDC)

A prisão foi feita no conjunto Petros, bairro Aleixo, na zona centro-sul de Manaus e com a chegada dos policiais, o advogado tentou fugir da polícia, pelo quintal da vizinha da sua mãe, mas foi capturado pela polícia civil.

Segundo a Delegada Débora Mafra, titular da DECCM, Marcelo ainda chegou a ameaçar os policiais civis e do Grupo Fera que participavam da operação.

“No momento ele falou que nós estávamos só em cima de mentiras, que nós íamos ver o que ia acontecer, mas a Polícia Civil não se intimida, ele vai responder por isso também. Nós não podemos aceitar que uma pessoa que tá sendo presa em cima de provas técnicas, crescer em cima do erro”, disse.

No dia 20 de março, o advogado ligou para Teresa Vitória Pinheiro, 22, informando que um carro estava a seguido e que se ela saísse da rota, algo de ruim poderia acontecer. Ao chegar no local em que o advogado queria, Teresa foi agredida e estrangulada.

“Os dois laudos apontam que ela sofreu, teve essa pressão craniana, onde estourou vários vasos no olho, no rosto dela, por essa esganadura. Ele diz que somente fez pra ela abrir a boca, porque ela tinha mordido o dedo dele. E ela disse que mordeu o dedo pra não sofrer o feminicídio que estava prestes a acontecer”, explicou a delegada.

Marcelo irá responder pelos crimes de tentativa de feminicídio, furto, sequestros e ameaça.

Anúncio