Ao tentar defender filho, eletricista leva tiro no olho esquerdo e morre

O crime ocorreu na madrugada desta terça-feira (1º), no bairro Coroado, De acordo com a polícia, o alvo era o filho do eletricista que afirmou ser ameaçado por membros de facções criminosas

Manaus – Um eletricista de 38 ano foi morto, na madrugada desta terça-feira (1º), com um tiro na cabeça, no bairro Coroado, zona leste da capital. Testemunhas afirmaram à polícia que o alvo era o filho da vítima de 18 anos que passava o réveillon na casa do pai.

Segundo o depoimento do filho à polícia, o eletricista estava em frente de casa quando um homem, identificado como Levi, se aproximou e ameaçou o adolescente com a arma de fogo. O pai, Dionio Carvalho da Mota, tentou impedir e acabou levando um tiro no olho esquerdo.

O homem ainda tentou acertar outros disparos no adolescente, mas a arma falhou e ele conseguiu fugir.  Segundo o depoimento, o filho de Dionio já foi apreendido pela Delegacia Especializadas em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) oito vezes por roubo e tráfico. O filho disse, ainda, que é jurado de morte por membros de facções criminosas.

A vítima chegou a ser levada ao SPA do Coroado, mas não resistiu e morreu em seguida. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está investigando o caso e já tem conhecimento do endereço do autor do disparo.

Anúncio