Após denúncia anônima, PM encontra ossada humana em Boca do Acre

De acordo com a polícia, a ossada, supostamente, seria do adolescente Lorran de Souza Alves, 16, desaparecido há cerca de três meses

Manaus – Os policias militares de Boca do Acre (a 1.028 quilômetros a sudoeste de Manaus) encontraram, na tarde desta sexta-feira (2), uma ossada humana que, supostamente, seria do adolescente Lorran de Souza Alves, 16, desaparecido há cerca de três meses.

Restos mortais foram levados ao hospital da cidade, para que familiares possam fazer o reconhecimento do corpo. (Foto: Divulgação/PM)

Segundo informações do comandante da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), tenente T. Luiz, os policiais realizavam uma operação contra líderes de facções criminosas, quando receberam uma denúncia anônima informando onde a ossada estaria escondida. A equipe seguiu para o local indicado e, após escavarem, conseguiram encontrar um corpo, já em estado avançado de decomposição, que supostamente é do menor desaparecido.

As equipes levaram os restos mortais encontrados até o hospital da cidade, para que familiares possam fazer o reconhecimento do corpo, além de dar seguimento aos procedimentos cabíveis.

Ainda segundo o tenente, há grandes chances da ossada ser do menor desaparecido, mas a polícia aguarda a confirmação da perícia. O tenente disse, ainda, que há informações de dois possíveis autores da morte do adolescente. A polícia investiga o caso e busca confirmar a autoria do crime.

Anúncio