Após fazer seis pessoas de reféns, homem se entrega; advogado foi uma das exigências

A ação iniciou nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (5), na Comunidade Fazendinha, bairro Cidade Nova, zona norte da capital

Manaus – Michel de Souza Moraes, 27, foi preso em flagrante por manter seis pessoas reféns em uma residência, na manha desta terça-feira (5), na Rua dos Maçaricos, na Comunidade Fazendinha, zona norte da capital. O caso foi registrado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

De acordo com o delegado Jander Mafra, titular do DIP, a ocorrência iniciou às 5h, quando uma das vítimas, que é motorista de aplicativo, estava saindo para trabalhar e foi abordada por dois homens, Michel e um comparsa que está foragido.

“Na sequência, após a abordagem, os suspeitos entraram na casa, amarraram uma das vítimas e foram rendendo as demais. Uma delas conseguiu contato externo antes de ser rendida pelo meliante. A pessoa que recebeu a ligação, informou a polícia que deslocou as viaturas e foi até o local”, contou o delegado.

O homem se entregou por volta de 9h10, desta terça-feira (5) (Foto: Yago Frota)

Ainda segundo Mafra, quando a polícia chegou um deles fugiu e a polícia passou a enquadrar Michel. “Foi quando ele passou a fazer reféns dentro da casa. Com o tempo, ele liberou um casal de idosos e ficou com outras pessoas até a chegada da imprensa”, destacou.

O delegado ressaltou, também, que não houve agressão física e sim, ameaça. Ainda conforme o delegado, é importante que as pessoas tenham câmeras de segurança em suas casas para que elas vejam como está o interior e exterior da residência antes de sair.

Após a prisão, o suspeito prestou esclarecimentos e destacou a imprensa que praticou a ação apenas para “tentar pagar uma suposta pensão para a filha”. “Estou arrependido. Quero que minha família me perdoe. Eu fiz isso só para tentar pagar a pensão da minha filha. Eu nunca matei ninguém, só roubei mesmo por não ter trabalho. É a minha primeira vez, o comparsa eu conheci ontem (segunda). A ideia foi toda dele”, declarou.

Michel falou que só apontou a arma para a vítima após a chegada da polícia. “Eu estava tentando me resguardar, nenhum momento bati nas vítimas. Não fiz nada. Amarrei um homem ‘apenas’. Já me pegaram, só queria pagar pensão da minha filha”, finalizou.

O homem foi flagranteado por roubo e sequestro e deve passar por audiência de custódia, nesta quarta-feira (6), no Fórum Ministro Henoch Reis, na zona sul de Manaus

*Matéria atualizada às 12h54 para acréscimo de informação

 

Anúncio