Aposentado é preso por roubar moradores de condomínio de luxo no Tarumã

De acordo com a polícia, o homem é especialista no crime há 40 anos. Para cometer os roubos, ele removeu a tornozeleira eletrônica

Manaus – O aposentado Francimar do Nascimento Elias, 63, foi preso pelo crime de roubo, feitos em um condomínio de luxo, no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus, na manhã desta quinta-feira (8). Os roubos foram cometidos nos meses de julho, setembro e outubro deste ano.

Em coletiva de imprensa na sede do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), a delegada Deborah Barreiros disse que o homem é especialista no crime há 40 anos.

“Ele já é velho conhecido da polícia e estava em prisão domiciliar. Ele roubava dinheiro e jóias, e no momento de sua prisão não encontramos os pertences das vítimas, mas, no lugar, encontramos várias mercadorias que, de acordo com a nota fiscal, a data da compra coincidentemente é próxima ao do último roubo, dia 3 de outubro. Então, provavelmente essa mercadoria foi comprada com o dinheiro do crime”, explicou a delegada.

De acordo com a polícia, a mercadoria foi comprada, provavelmente, com o dinheiro do crime (Foto: Renê Silva/GDC)

Segundo o delegado Rodrigo Barreto, que ajudou nas investigações, Francimar cumpria prisão domiciliar, por alegar estar doente. Para cometer os crimes, ele removeu a tornozeleira eletrônica.

“Além disso, ele recrutava (pessoas) mais jovens para apoiá-lo nos crimes. Todas as vítimas eram médicos e todos relataram que o idoso era o mais agressivo. Por ser raro um idoso cometer esse tipo de crime, mostramos fotos de criminosos com mais de 60 anos e ele foi identificado por todos. Ele precisa permanecer preso e cumpri os 49 anos de prisão que lhe restam, porque mostrou que, se estiver livre, vai continuar comentando crimes”, completou o delegado Barreto.

Entre os materiais comprados pelo idoso estão TVs, fogão, freezer, espelho, condicionadores de ar, microondas e utensílios de cozinha. Para cometer os crimes, com a ajuda dos comparsas, ele fazia buracos em muros ou os pulava, burlando as cercas elétricas dos condomínios.

Francimar do Nascimento Elias foi encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará a disposição da justiça.

Materiais comprados pelo idoso (Foto: Renê Silva/GDC)

Anúncio