Auxiliar de odontologia sai para buscar jaleco e morre com tiro no peito em Manaus

A vítima foi buscar um jaleco na companhia de duas amigas em um carro. Ao chegarem no local, elas foram surpreendidas por um suposto traficante, que atirou contra o veículo

Manaus – A auxiliar de odontologia Kellen Mota Fraga, 25, morreu com um tiro no peito, na noite desta sexta-feira (3), enquanto foi buscar um jaleco em uma costureira. O crime aconteceu na Rua Abel, Comunidade Nossa Senhora de Fátima, no bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus.

De acordo com informações repassadas à polícia, a vítima precisava buscar um jaleco e foi acompanhada de duas amigas em um carro. A costureira mandou a localização, mas chegando ao local, as jovens foram surpreendidas por um suposto traficante, que atirou contra o carro.

Kellen foi atingida com um tiro no peito. Ela foi socorrida e levada ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na zona leste, mas não resistiu aos ferimentos. Não há informações sobre as amigas da vítima.

O corpo da jovem foi removido para a sede do Instituto Médico Legal (IML) e deve ser liberado aos familiares neste sábado.

O local onde Kellen foi buscar o jaleco é considerado “área vermelha”, devido ao intenso tráfico de drogas. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

O corpo da auxiliar de odontologia foi levado para o IML (Foto: Jimmy Geber/Arquivo/GDC)

Anúncio