Barras de ouro avaliadas em R$ 1,5 milhão são achadas em aeronave que caiu no AM

Material estava entre os destroços da aeronave, que deixou dois mortos após cair, no interior do Estado. Um homem que disse ter alugado o avião foi preso, ao tentar retirar o ouro do local

Manaus – A Polícia Civil apreendeu 9,5kg de ouro, em barras, na aeronave que caiu em uma comunidade rural de difícil acesso, em Urucurituba (a 208 quilômetros a leste de Manaus). Segundo a polícia, o ouro, avaliado em R$ 1,5 milhão, foi achado após um homem levantar suspeitas, ao afirmar que havia alugado o avião e ter retirado do local a caixa onde estava o ouro. Os destroços da aeronave foram encontrados nesta quinta-feira (17). No local, a polícia conseguiu identificar que havia dois corpos.

Segundo a polícia, uma equipe de policiais civis de Itacoatiara e bombeiros da 1ª Companhia Independente da cidade encontraram, no fim da tarde desta quinta-feira (17), os destroços da aeronave, que caiu na Comunidade do Pair, Rio Arari. De acordo com a polícia, a aeronave seguia em direção a Itaituba, no Estado do Pará.

Os corpos achados entre os destroços foram levados, inicialmente, para o Hospital Regional de Itacoatiara e, em seguida, para o Instituto Médico Legal (IML), em Manaus.

Conforme informações da PC, depois da localização da aeronave, policiais civis suspeitaram do comportamento de um homem identificado como ‘Leandro”. Aos policiais, ele se identificou como pessoa que havia alugado a aeronave. Segundo a polícia, o homem retirou uma caixa de ferramenta do meio dos destroços. Durante abordagem, a polícia constatou que na caixa havia aproximadamente 9,5kg de ouro, avaliado em quase 1,5 milhão.

A PC afirmou que o material foi apreendido e levado para a Delegacia de Itacoatiara, junto com equipamentos da aeronave. Por questões de segurança, a polícia diz ter encaminhado o ouro para a Delegacia Geral em Manaus.

***Matéria atualizada às 13h30, para correção de informação. O homem não foi preso, como dito anteriormente.

Anúncio