Bebidas sem nota fiscal são apreendidas pela Sefaz-AM

Cachaças, energéticos, cervejas, whiskys e refrigerantes de diversas marcas estão entre o material apreendido

Manaus – A Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz-AM) aprendeu no domingo (10), três caminhões que trafegavam nas imediações do Porto de Manaus, carregados de bebidas sem notas fiscais. A estimativa é de que o montante da carga chegue a R$ 5 milhões.

Caso o proprietário não se apresente, a Sefaz-AM levará a carga a leilão (Foto: Divulgação/Sefaz)

A abordagem levou os auditores fiscais a um depósito clandestino no bairro Redenção, zona centro-oeste e a uma distribuidora de bebidas, localizada no bairro Compensa, zona oeste, locais que receberiam a carga irregular  de bebidas.

No depósito, que não possui inscrição estadual ou qualquer registro que identifique os proprietários e responsáveis legais pela mercadoria, os auditores fiscais, com apoio de policiais militares, encontraram centenas de caixas de cachaça, energéticos, cerveja, whisky.

Durante a operação, a policia militar prendeu dois vigias que faziam a segurança do depósito porque não possuíam porte de armas.

Já na distribuidora, que possui inscrição estadual ativa na Sefaz-AM, também foi achada uma grande quantidade de bebidas sem documentação de respaldo. Em ambos os casos, o transporte desacompanhado de documento fiscal idôneo é caracterizado como crime contra a ordem tributária.

A estimativa é de que o montante da carga chegue a R$ 5 milhões (Foto: Divulgação/Sefaz)

Se o proprietário for localizado e se responsabilizar pelos produtos, deverá recolher o ICMS à vista juntamente com a multa que equivale a 100% sobre o valor do imposto. Caso o proprietário não se apresente, a Sefaz-AM levará a carga a leilão.

 

Anúncio