‘Boca de Sapo’ é preso por tráfico de drogas no bairro Cidade de Deus

Na mesma operação, a polícia apreendeu um adolescente conhecido na área como ‘De menor’

Manaus – Na tarde de quinta-feira (15), por volta das 15h, a equipe de investigação do 13° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Ricardo Cunha, titular da unidade policial, prendeu, em flagrante, Diego Pereira dos Santos, 24, conhecido como “Boca de Sapo”, e apreendeu um adolescente de 17 anos, conhecido como “De menor”, por comercializarem drogas, no bairro Cidade de Deus.

Diego foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e corrupção de menores (Foto: Divulgação)

Com eles foram apreendidas, porções de maconha e cocaína, dinheiro provenientes da venda dos entorpecentes e uma balança de precisão.

De acordo com a autoridade policial, a prisão de Diego e a apreensão do menor infrator, aconteceram após delações feitas ao número (92) 99292-1015, o disque-denúncia do 13º DIP, relatando que um indivíduo, com as características de Diego, estaria comercializando drogas na Rua Atlético Mineiro, no bairro Cidade de Deus. Imediatamente, os policiais se dirigiram até o local indicado para apurar a veracidade das informações.

“Montamos campana no local indicado e avistamos Diego e o adolescente, no momento em que eles estavam tentando passar drogas para um indivíduo. Na ocasião, abordamos a dupla e, durante revista, encontramos com eles três porções médias de maconha, uma porções pequena de cocaína, R$ 52 em espécie, provenientes da venda das drogas, além de uma balança de precisão”, disse Cunha.

Flagrantes 

Diego foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e corrupção de menores. Após os procedimentos cabíveis na delegacia, ele será levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da capital.

Já o menor infrator foi autuado em flagrante por ato infracional análogo aos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas, ele será encaminhado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) para os procedimentos cabíveis.