Cães ajudam nas buscas por corpo de mulher desaparecida, no Novo Aleixo

Buscas se intensificam em uma área de mata localizada no Conjunto Arco-Íris, zona norte de Manaus. Raquel Melo de Moraes, 19, desapareceu na noite da última quarta-feira (19)

Manaus – Três cães policiais treinados para encontrar cadáveres ajudam nas buscas pelo corpo da jovem Raquel Melo de Moraes, 19, em uma área de mata, localizada no Conjunto Arco-Íris, no bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus, na manhã deste domingo (23).

A equipe de resgate encontra dificuldade devido ao grande número de animais mortos no local, além da correnteza do igarapé onde o corpo da jovem pode ter sido jogado, de acordo com informações do tenente Elton Calado, da Companhia de Policiamento de Cães (CIP Cães).

Raquel Melo desapareceu na noite da última quarta-feira (19). Na tarde deste sábado (22), Paulo Sérgio de Oliveira, conhecido como ‘Neguinho’, 28, foi preso suspeito de ter matado e enterrado o corpo da vítima. A suspeita é que a mulher tenha sido degolada em cima de uma cama, na casa onde o suspeito morava, na Rua Benjamim Vargas, do bairro Novo Aleixo.

De acordo com o tenente Elton Calado, a cadela Celi, além dos cães Honda e Tayson, ajudam nas buscas desde às 8h deste domingo. “Procuramos pelo igarapé, mas não foi possível encontrar, porque o local está cheio de jacarés. Solicitamos apoio da Polícia Civil, porque se o suspeito não apontar o local, será mais difícil (encontrar o corpo), porque existem muitos animais mortos”, disse o tenente.

Familiares da vítima ajudam nas buscas fazendo escavações e procurando o corpo no igarapé localizado ao lado da casa do suspeito. Uma tia da vítima disse que Raquel foi vista com Paulo Sérgio na última quarta-feira, em um posto de combustíveis, mas desde então não retornou mais para casa, localizada na Rua 3, também do conjunto Arco-Íris.

Paulo Sérgio segue preso em uma das celas da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Anúncio