Câmeras flagram momento em que jovem tenta fugir de atiradores, em Manaus; assista

A recepcionista Bruna Freitas Rodrigues teve o corpo encontrado, na última segunda-feira, na Colônia Japonesa. DEHS acredita que alvo era o namorado dela

Manaus – A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está analisando um vídeo de 21 segundos, gravado por câmeras de segurança de uma empresa, que mostra o momento em que a recepcionista Bruna Freitas Rodrigues, 23, é perseguida junto com o namorado, identificado apenas como ‘Carlinhos do Alvorada’, apontado pela Polícia Civil (PC) como líder do tráfico naquela área da cidade. Nas imagens, o casal e mais dois homens são surpreendidos a tiros por um trio. Para a polícia, uma das principais linhas de investigação para o crime é de que a mulher foi morta por traficantes rivais no lugar do namorado.

Assista:

Conforme consta no vídeo, as imagens foram gravadas às 04h20 da madrugada, da última segunda-feira (21). Bruna é a primeira que aparece na gravação, caminhando próximo de ‘Carlinhos’. Em seguida, surgem outros dois homens próximos ao casal e, logo em seguida, todos começam a correr, após serem surpreendidos pelos atiradores.

O trio, como mostra o vídeo, atira simultaneamente. Bruna, Carlinhos e os outros dois homens correm para lados opostos. Durante a correria, a recepcionista cai e se refugia embaixo de um carro. Em seguida, o trio desaparece.

O corpo de Bruna, segundo informações da DEHS, foi encontrado por volta das 5h30, jogado na Rua Heisei, no Conjunto Colônia Japonesa, no Parque Dez, zona centro-sul de Manaus. Ela foi assassinada com quatro tiros de pistola calibre 380.

Na manhã desta quarta-feira (23), o delegado de Homicídios e Sequestros, Jeff David Mac Donald, responsável pelo caso, preferiu não falar sobre o andamento das investigações. “Não me pronuncio sobre investigações em andamento”, disse.

Anúncio