Carga de madeira sem documentação legal é apreendida no Iranduba

Os 54 metros cúbicos de madeira serrada e tábuas de azimbre estavam em dois caminhões de grande porte, em um condomínio na Rodovia Manoel Urbano

Manaus – Policiais militares do Comando e Batalhão de Policiamento Ambiental (CPAMB/BPAMB) apreenderam, na noite desta segunda-feira (17), uma carga de madeira sem documentação legal que estava em dois caminhões de grande porte, em um condomínio na Rodovia Manoel Urbano (AM-070), que liga Manaus a Iranduba.

A ocorrência se deu por volta das 21h, quando os policiais militares receberam denúncia anônima informando que no Condomínio Residencial Nova Manaus, no Km 6 da Rodovia Manoel Urbano, haveria dois caminhões de grande porte carregados de madeira.

Os dois motoristas dos caminhões informaram que estavam no local aguardando ordens de representantes de uma serraria em Manaus para despachar o carregamento (Foto: Divulgação/PMAM)

Uma equipe do Batalhão se dirigiu ao local indicado, onde encontrou e abordou, na área interna do condomínio, dois caminhões abarrotados de madeira serrada, constatando a irregularidade, que foi comunicada aos responsáveis pelos veículos.

Questionados, os dois motoristas informaram que não possuíam o Documento de Origem Florestal (DOF) e que estavam no local aguardando ordens de representantes de uma serraria em Manaus para despachar o carregamento.

Os policiais do CPAMB e BPAMB realizaram vistorias nos dois caminhões, um de placa HZA-6G56 e outro CLJ-8B60, e registraram o encontro de 54 metros cúbicos de madeira serrada, e tábuas de azimbre, que foram confiscadas, juntamente com os caminhões.

Os dois responsáveis pelos veículos, de 44 e 50 anos de idade, foram conduzidos ao 31° Distrito Integrado de Polícia (DIP) de Iranduba, para os procedimento cabíveis, sendo realizados os procedimentos de verificação e registro de onde foram retiradas as madeiras da carga.

Com esta ação de defesa e proteção do meio ambiente, o CPAMB e BPAMB orientam a todos que quem vende, transporta, guarda ou expõe a venda de madeira sem a devida licença comete Crime Ambiental, sujeitando seu(s) autor(es) às penalidades previstas na Lei de Crimes Ambientais.

Anúncio