Casal é preso suspeito de desmatar área de preservação na BR-174

Dupla foi conduzida a DEMA, onde foi autuados por destruição de Área de Preservação Permanente

Carla Albuquerque / redacao@diarioam.com.br

Toda a operação contou com apoio da equipe da Perícia Ambiental, que fez registros de imagens com auxílio de drones (Foto: Divulgação/ PC-AM)

Manaus – Jeremias Bastos, 42, e Iracema de Souza, 50, foram presos nesta quarta-feira (14),  pela equipe da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA). De acordo com o delegado Samir Freire, o casal é  suspeito de praticar desmatamento de uma Área de Preservação Permanente (APP), localizada na Viscinal 18, no Ramal Castanheira, na BR-174.

Conforme o delegado, com Jeremias Bastos os policiais apreenderam uma motosserra. Toda a operação contou com apoio da equipe da Perícia Ambiental,  que fez registros de imagens com  auxílio de drones.

Jeremias e Iracema foram conduzidos a DEMA, onde foram autuados por destruição de APP.

Anúncio