Casal é preso suspeito de roubar R$ 1 milhão em condomínio de luxo em Manaus

O casal furtou uma casa em condomínio de luxo do Bairro Ponta Negra, zona oeste da cidade

Manaus – Leidiane de Jesus Neves dos Santos, 42, e Márcio Henrique de Paula Soares, 40, foram presos em cumprimento de mandado de prisão na manhã desta quarta-feira (20), durante operação Operação Êxodo 20:15, deflagrada pela Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (DERFD). A prisão aconteceu nas zonas norte e oeste de Manaus.

Segundo o delegado Dênis Pinho, a operação foi deflagrada em conjunto com o o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Amazonas (MPAM).

O casal furtou uma casa em em condomínio de luxo do Bairro Ponta Negra, zona oeste da cidade. O caso aconteceu do dia 23 de junho deste ano, a dupla roubou joias, euros, dólares, relógios e documentos do local.

Todo o material roubado estava em um cofre da família, os pertences estão avaliados em mais de 1 milhão de reais.

“Durante as investigações a gente chegou uma ex-funcionária da residência. É uma empregada doméstica que já trabalhava há dez anos na casa e ela tinha franqueado o acesso ao namorado, ela era amante de um uber. Ele teria entrado nesse condomínio, com ajuda dela, colocou o cofre no veículo dele” explicou o delegado Denis Pinho.

As investigações apontam ainda, que o casal levou o cofre para um local, que facilitou a abertura. Após retirar todo o matéria do cofre, o casal o levou para a casa novamente.

“Eles se aproveitaram porque o morador não estava na residência, ela estava responsável pelo local porque o morador estava internado em outro estado”, destacou o delegado.

Após o crime, os dois passaram ameaçar a vítima e cobrar R$ 100 mil para devolver os objetos de valores.

A dupla vai responder pelos crimes de furto de qualificado e extorsão. Após audiência de custódia, será levada para Central de Recebimento e Triagem (CTR), onde ficará à disposição da Justiça.

Anúncio