Cerca de três toneladas de peixes são apreendidas em barco na Panair

Embarcação foi apreendida com sardinhas. Espécie, que está no período do defeso, estava escondida sob uma camada de jaraquis

Manaus – Cerca de três toneladas de pescado foram apreendidas, na noite desta segunda-feira (9), na ‘balsa de madeira’ da Feira da Panair, no bairro Educandos, zona sul de Manaus. Uma embarcação foi apreendida com sardinhas, espécie que está incluída no seguro defeso, que estavam escondidas sob uma camada de peixe da espécie jaraqui. O dono da embarcação, que não teve o nome divulgado, foi levado até o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), para prestar esclarecimentos. Já nos freezers, que ficam na balsa de madeira, foram encontrados pirarucu e surubim-caparari, ambos também incluídos no seguro defeso.

A ação foi realizada pelo Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAM), e segundo o tenente Elson Júnior, responsável pela ocorrência, a equipe fazia uma fiscalização de rotina, que foi desencadeada pela operação Natal da Paz, da Polícia Militar do Amazonas (PMAM).

“Estávamos fazendo uma fiscalização ambiental, quando nos deparamos com a embarcação atracada na balsa. Foi quando, a princípio, encontramos o jaraqui, que não possui nenhuma restrição. Então, pedimos ao dono que mostrasse mais o fundo do barco. Foi quando ele apontou a atitude suspeita, ao mover (os jaraquis) somente superficialmente. Logo, o afastamos e encontramos as sardinhas escondias”, contou o tenente.

Ainda de acordo com Elson Júnior, o jaraqui também foi apreendido por ter sido usado como camuflagem à sardinha, que, segundo o dono do barco, pertencia ao irmão dele, que pediu para que transportasse o pescado ilícito.

Todo o pescado será doado às instituições de caridade que procuraram a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), responsável pela doação dos materiais apreendidos. O caso foi registrado no 1º DIP.

Anúncio