Cicoms registram falta de PMs nas primeiras horas desta quinta-feira

A reportagem contatou que viaturas não saíram das garagens e que há falta de efetivo nas unidades de Manaus. Policiais estão parados desde as 19h desta quarta-feira

Manaus – As Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms) registram falta de policiais militares, nas primeiras horas desta quinta-feira (15), em Manaus. Os PMs cumprem a paralisação, anunciada neste mês, a chamada “Operação Defesa”. A categoria exige, do governador Amazonino Mendes, a suspensão do parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE) que impede a promoção de militares por tempo de serviço (Lei Estadual 4.044/2014), além do pagamento de salários atrasados, pagamento imediato da data-base, fardamento e coletes balísticos.

A reportagem da REDE DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (RDC) está percorrendo os bairros de Manaus, para registrar a movimentação dos policiais nas ruas e nas Cicoms. Nas zonas norte e leste, há poucas viaturas circulando nas ruas.

Na 6ª Cicom, a maioria das viaturas está na garagem da unidade, por falta de efetivo para fazer o patrulhamento. A 27ª e a 14ª Cicom também registram falta de efetivo, o que prejudicou o patrulhamento nas últimas 12h.

A 9ª Cicom registrou falta, tanto no plantão da noite desta quarta-feira quanto no plantão da manhã desta quinta-feira. A maior parte do efetivo policial não compareceu para troca de plantão e o patrulhamento que, normalmente, é realizado por seis viaturas, trabalha, até o momento, com apenas uma. Na 13ª Cicom, um número menor do que o habitual de policiais apareceu para a troca de turno.

A falta coletiva dos policiais começou ainda na noite desta quarta-feira (14), por volta das 19h, durante a troca de plantões. Maria Aparecida, auxiliar de serviços gerais, afirmou que a sensação de insegurança aumentou, principalmente, no caminho para o trabalho. “A gente já vê tanta violência com os policiais (militares) nas ruas, agora com essa greve, eu tô com mais medo, de verdade”, disse.

Ônibus

Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), o transporte coletivo de Manaus funciona normalmente nesta quinta-feira. A reportagem passou em garagens e em terminais, e constatou que os ônibus estavam circulando normalmente, nas primeiras horas do dia.