Corpo com sinais de tortura e espancamento é encontrado no Distrito Industrial

Ao lado do corpo, a polícia encontrou um bilhete com a frase “nunca mais enganar ninguém”

Manaus – Alessandro Vieira das Chagas Albuquerque, 29, foi encontrado morto, na noite da última quarta-feira (29), com uma fita crepe enrolada na cabeça, no Distrito Industrial, zona sul de Manaus. De acordo com informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o homem foi morto por asfixia e apresentava vários sinais de tortura e espancamento.

Corpo foi encontrado no Distrito Industrial (Foto: Divulgação/PM)

Ao lado do corpo, foi encontrado um bilhete escrito com caneta com a frase: “Nunca mais enganar ninguém”. O corpo foi encontrado por volta das 21h, jogado na Rua Eixo Norte Sul. Alessandro estava vestido apenas como uma bermuda jeans.

Ele estava com uma fita crepe enrolada no rosto. Além disso, apresentava uma perfuração na cabeça e vários hematomas pelo corpo.

A motivação para o crime e a autoria ainda são investigadas pela DEHS. A reportagem procurou a família da vítima para comentar sobre o caso, mas eles não quiseram falar sobre o crime.

Bilhete foi encontrado ao lado do corpo (Foto: Divulgação/PM)