Corpo de mulher é encontrado seminu em área de reserva florestal

O corpo de Márcia Alves de Figueiredo, 35, apresentava marcas de violência sexual, de acordo com a Polícia Civil. Segundo familiares, a mulher era garota de programa e usuária de drogas

Manaus – O corpo de Márcia Alves de Figueiredo, 35, foi encontrado em uma área da Reserva Florestal Adolpho Ducke, no bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus, na tarde desta segunda-feira (8). A vítima estava seminua e com marcas de violência sexual, conforme apontou a equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

O corpo de Márcia  foi encontrado em uma área da Reserva Florestal Adolpho Ducke (Foto: Cristiano Ximenes)

Familiares confessaram aos investigadores que a mulher era garota de programa e usuária de drogas, e que foi vista, pela última vez, por volta das 14h de domingo (7), na Avenida Margarita, nas proximidades da Reserva Adolpho Ducke.

A mulher também apresentava vários hematomas no rosto e pode ter sido morta à pauladas. A vítima estava sem calcinha e usava apenas a roupa da parte de cima.

Os policiais da DEHS foram acionados para o local por volta das 16h, e disseram que os próprios familiares de Márcia reconheceram o corpo dela no local.

Ainda segundo investigadores da DEHS, moradores da área chegaram a ver a vítima conversando com um homem, na tarde de domingo, em um ponto da Avenida Margarita, onde ela trabalhava como garota de programa, porém, o homem ainda não foi identificado.

Peritos do Departamento de Polícia Técnico-Cientifica (DPTC) estiveram no local, e segundo os policiais da DEHS, o exame de necropsia que será feito no Instituto Médico Legal (IML) deve apontar se a vítima foi estuprada.

Anúncio