Corpo é encontrado enrolado em uma rede e com sinais de estrangulamento, na AM-010

Corpo foi deixado em frente a uma granja, no quilômetro 23. A Polícia Civil afirma que o homem foi torturado com uma corda, além de ter os dedos mindinhos dos pés decepados

Manaus – O corpo de um homem, ainda não identificado, com idade aproximada entre 25 e 27 anos, foi encontrado, na noite desta sexta-feira (10), no quilômetro 23 da estrada AM-010 (Manaus-Itacoatiara), em frente a granja Takano, enrolado em uma rede e com sinais de estrangulamento.

De acordo com a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), o corpo foi encontrado por moradores, por volta das 20h. A vítima estava enrolada em uma rede e apresentava sinais de tortura. Além disso, a polícia afirma que o homem foi torturado com uma corda e teve os dedos mindinhos dos pés decepados.

Vítima estava enrolada em uma rede e apresentava sinais de tortura (Foto: Divulgação)

No local, moradores relataram à polícia que viram um carro, de características não identificadas, entrando no ramal que dá acesso à granja. Ao se depararem com o portão fechado, o veículo retornou e deixou o corpo na entrada do ramal.

Câmeras de segurança registraram o momento da ação criminosa. À polícia, os responsáveis pelas imagens informaram que cerca de dois a três suspeitos abriram o porta-malas e jogaram o corpo no local.

A vítima foi removida para o Instituto Médico Legal (IML), onde aguarda o reconhecimento por parte de familiares.

O caso está investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).