Criminosos levam mais de 100 armas ao assaltar casa de militar da PM em Manaus

Os suspeitos estavam fortemente armados e invadiram a casa fazendo a família de refém. Eles roubaram as 108 armas de fogo que faziam parte da coleção de um policial militar

Manaus – Homens armados e encapuzados invadiram a residência de um ex-coronel da Polícia Militar do Amazonas e levaram 108 armas, na noite deste sábado (03), por volta das 23h30, na Rua Três, bairro Parque 10, zona centro sul de Manaus.

Entre as armas que foram levadas está um fuzil CL 762 (Foto: Reprodução)

De acordo com os policiais civis que atenderam a ocorrência, os suspeitos estavam fortemente armados e invadiram a casa fazendo a família de refém, enquanto roubavam as 108 armas de fogo que faziam parte da coleção de um militar já falecido. Os homens deixaram as filhas do militar amarradas e amordaçadas.

O coronel Fernando Valente faleceu no ano de 2018, ele era colecionador de armas de fogo, e a família estava vendendo todo o arsenal. Uma equipe do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) foi até a residência, mas, supostamente, a família não estava mais na casa.

Ação dos criminosos

A delegada, Poliana Menezes, titular do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) informou que as filhas do PM e uma amiga da família foram até a unidade policial para dar mais esclarecimentos sobre o momento do crime. Em depoimento elas contaram que cinco os homens, que usavam máscara e boné, chegaram em um veículo de modelo Hyundai Tucson, cor prata, por volta das 23h30, e se identificaram como policiais.

Conforme a delegada, os criminosos intimidaram as vítimas durante a abordagem, como se elas estivessem com alguma restrição no veículo ou que estaria acontecendo algo de errado dentro da casa. Elas só perceberam que eles não eram policiais quando entraram na casa e receberam as ameaças

“Elas estavam chegando em casa, quando foram fechadas por um outro veículo em que estavam esses indivíduos, que diziam ser policiais, eles usavam coletes à prova de balas. Os cinco homens obrigaram as obrigaram a abrir a casa, e então eles amarraram elas, nos pés e mãos, além de amordaça-las”, explicou.

Durante as investigações policiais dessa manhã foi identificado que os ladrões, ou o mandante do crime pode ser alguém que conhece a casa e a rotina da família, já que durante a ação, os criminosos foram bastante objetivos quanto aos lugares de onde estavam as armas e até mesmo ao encontrar uma que ficava fora do cofre que guardava o arsenal.

“Hoje elas registraram o boletim de ocorrência, e a essa hora já foi expedida a requisição, a perícia já está no local. Essa ocorrência vai ser transferida para o 23º Dip, e assim irão realizar as investigações, através das câmeras das residências próximas, já que eles tiraram as câmeras de segurança da casa”, contou a delegada.

Os criminosos levaram 108 armas de fogo, o carro das vítimas e três aparelhos celulares que eles descartaram durante a fuga que aconteceu por volta das 3h deste domingo. A polícia da Força Tática foi acionada ainda nesta madrugada e registraram a situação do furto do automóvel e conseguiram recuperar os celulares.

O 23º Distrito Integrado de Polícia (DIP) segue investigando para identificar os suspeitos que conseguiram fugir do local. A família, por segurança, preferiu não dar entrevista, mas passam bem de saúde e estão ajudando a polícia nas investigações.

Relação das armas roubadas:

Anúncio