‘Dadinho’ já foi preso e matou braço direito do Zé Roberto da Compensa

O criminoso era considerado de alta periculosidade e candidato a uma vaga de conselheiro em uma facção

Manaus – Erick Batista, 30, conhecido como ‘Dadinho’ morreu na noite do último sábado(05) após confronto com a polícia. Atualmente ele comandava o tráfico de drogas nos bairros Novo Aleixo, São José e Coroado, na zona leste Manaus.

O criminoso era considerado de alta periculosidade e candidato a uma vaga de conselheiro em uma facção que atua no Amazonas.

‘Dadinho’ foi preso em 2017 cumprimento de mandado de prisão por crime de tráfico de drogas. Na época, era um dos líderes do Primeiro Comando da Capital em Manaus. O criminoso é acusado de matar Diego Leonardo Lopes de Souza, o “Bolacha”, um dos braços direito do traficante Zé Roberto da Compensa, líder da Família do Norte, facção rival do PCC à época.

Nas redes sociais, neste domingo(06), amigos de ‘Dadinho’ lamentaram sua morte. Um vídeo mostra uma suposta festa de aniversário do criminoso onde é possível muita ostentação.

Após a morte do criminoso, uma onda de violência foi desencadeada na capital e interior do Amazonas. Segundo a Secretaria de Segurança Púbica do Amazonas (SSP-AM), a ordem para os ataque saiu de dentro dos presídios. Para a polícia, quem determinou o ataque foi ‘Ton’, supostamente irmão de ‘Dadinho’.

Anúncio