Desarticulada organização criminosa que roubava veículos, em Manaus, e revendia na Venezuela

Polícia montou barreira na BR 174 e prendeu integrante da organização que tentava sair com veículo roubado de Manaus

Manaus – A Polícia Civil (PC) desarticulou, na madrugada desta terça-feira (19), uma organização criminosa que roubava veículos, em Manaus, e revendia em Boa Vista (RR) e na Venezuela. Ao todo, cinco pessoas foram presas. O grupo, segundo as investigações, era comandado por Flávia de Oliveira Resende, 25.

De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), delegado Rafael Allemand, a mulher e mais três pessoas, roubavam veículos, em Manaus, e revendiam na cidade de Boa Vista, em Roraima, e até na Venezuela.

Segundo as investigações da PC, a organização era comandado por Flávia de Oliveira Resende, 25. Foto: Raquel Miranda

Investigações
O delegado Rafael Allemand explicou que as investigações em relação à organização criminosa já estavam em curso, quando receberam informações de que os suspeitos tentariam sair de Manaus com uma Hilux. Policiais da DERFV, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), montaram fiscalização no quilômetro 43 da BR 174.

Por volta das 3h, a polícia realizou a abordagem do veículo que estava sendo conduzido por Rozinaldo César Araújo, 23. Durante a inspeção os policiais identificaram que o veículo estava com o sinal identificador adulterado. Para a Polícia o homem disse ter sido contratado por R$ 500 para o conduzir o veículo até o estado vizinho.

Com a prisão de Rozinaldo os policiais chegaram até Adelison Tinoco da Fonseca, 31,Wellington Costa Rodrigues, 33, e Flávia de Oliveira, identificada como a mulher responsável por recrutar os demais para a organização.

Prisões 
Na casa de Adelison, no Bairro Santa Etelvina, na zona norte, foram encontradas porções de entorpecentes. Wellington também foi preso com drogas.

Segundo o delegado Allemand, Flávia cumpria as ordens de um homem, que não teve o nome divulgado para não prejudicar nas investigações. “Eles roubavam esses carros aqui (Manaus) e revendiam, principalmente, para Boa Vista”, disse.

Rozinaldo foi autuado por receptação, uso de documento falso e associação criminosa. Adelison foi preso por tráfico, associação criminosa e receptação. Wellington por receptação, associação criminosa e por posse de drogas para uso pessoal. Já Flávia foi presa por receptação e associação criminosa.

Anúncio