Detento é espancado e amarrado após invadir casa e furtar televisão, na Cidade Nova

A casa invadida fica no Núcleo 3 do bairro, mas o homem foi capturado, agredido e amarrado por populares no Núcleo 16. Na carroceria do próprio carro, dona da casa levou o suspeito e o entregou à Polícia Militar

Manaus – O detento Max dos Santos Lima, 34, foi espancado e amarrado após invadir uma casa e furtar uma televisão no Núcleo 3 do bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, na tarde desta quinta-feira (23). Capturado no Núcleo 16 do mesmo bairro, o homem foi agredido e amarrado por populares, até a chegada da dona da casa invadida. O suspeito foi colocado na carroceria da picape da mulher e levado de volta ao Núcleo 3, onde foi entregue à Polícia Militar do Amazonas (PM-AM).

O caso aconteceu por volta das 14h, após a dona da casa, a empresária Luciana da Silva Batista, 34, ter saído para levar os filhos à escola. Ela contou que a família conhecia Max de vista e que a mãe dela sempre dava alimentos para o homem, que vivia pela região do Núcleo 3.

A empresária relatou que foi ela quem levou o suspeito na carroceria do próprio carro até a rua onde aconteceu o crime. A televisão levada pelo suspeito pertence ao irmão da empresária. “Meu irmão ganhou essa televisão há poucos dias da sogra dele, mas infelizmente ela foi quebrada quando os populares pegaram o ladrão”, disse.

De acordo com os policiais militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Max é monitorado por uma tornozeleira eletrônica da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

Por causa dos hematomas pelo corpo, o detento foi levado para receber atendimento no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, na zona leste da cidade, e em seguida foi encaminhado para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde presta depoimento sobre o caso.