Dois foragidos são presos na Manaus Moderna após ação da SSP

A ação de reforço no policiamento da SSP foi iniciada no local para reprimir e prevenir crimes nesta região da Manaus Moderna

Manaus – Dois foragidos do sistema prisional foram presos, nesta quarta-feira (13), durante ações realizadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) na região da Manaus Moderna, no centro da cidade. Pedro Filipe Rodrigues Lopes, 24, possuía um mandado de prisão em aberto por roubo e furto, e Cleuvanilson Assunção Diniz, 37, estava sendo procurado por não pagar a pensão alimentícia. Um homem foi detido acusado de extorsão contra uma mulher.

A ação de reforço no policiamento da SSP foi iniciada no local para reprimir e prevenir crimes nesta região da Manaus Moderna. Carregadores de mercadorias, guardadores de carro e moradores de rua da região começaram a ser cadastrados e terão acesso a ações educativas de prevenção às drogas e, nos casos necessários, até encaminhados para tratamento de dependência química.

Carregadores de mercadorias e guardadores de carro começaram a ser cadastrados. (Fotos: Valdo Leão)

Uma unidade da Delegacia Móvel da Polícia Civil (PC) foi instalada na avenida Manaus Moderna, na orla do Rio Negro, próximo à feira da Manaus Moderna, e ficará no local por tempo indeterminado.

A operação é coordenada pelo vice-governador e secretário de Segurança, Bosco Saraiva e tem o objetivo de reforçar a segurança na região da Manaus Moderna, desenvolvendo um trabalho com os carregadores de mercadorias com medidas educativas para o combate às drogas. O trabalho é realizado de forma integrada entre Polícia Militar, Polícia Civil e Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop).

“Estamos fazendo um reforço no quadrilátero que reúne a Manaus Moderna, Mercado Adolfo Lisboa, Igreja dos Remédios e até Feira da Banana. Há uma incidência muito grande de roubos e furtos a estabelecimentos comerciais, além de abordagem indevida e agressiva aos frequentadores por parte de alguns carregadores”, destacou o titular da SSP.

Ameaças, extravios e furtos

Segundo denúncias feitas à SSP, supostos carregadores do porto da Manaus Moderna estariam ameaçando e até extraviando mercadorias e pertences de clientes que não aceitam os valores cobrados pelo serviço. Houve denúncias, ainda, de furtos a veículos, pedestres e atos de baderna e prática de tráfico de drogas.

No sábado (09), a Secretaria de Segurança deteve nove supostos carregadores para apurar denúncias. Não houve prisões em flagrante.

Cadastro e orientação

Cerca de 30 servidores da Seaop estão atuando no cadastro e orientação dos trabalhadores. A expectativa é que, após o registro, os trabalhadores tenham crachás e fardamento. “Os comerciantes dão conta de que alguns carregadores até exigem pagamento além do normal. Teremos um trabalho de acolhimento também para pessoas que precisam, que são dependentes. O vice-governador e secretário Bosco Saraiva pretende catalogar todas as pessoas que trabalham aqui, dando até uniforme para que eles trabalhem na legalidade e evitem o que está acontecendo”, explicou o coordenador da Seaop, delegado Orlando Amaral.

Um dos primeiros cadastrados foi o canoeiro Edson da Silva, 38, que não portava documentos. Para ele, a ação trará mais segurança, inclusive, aos trabalhadores da área. “É bom para a gente ficar cadastrado. É segurança para nós”, disse.

Anúncio