Dois suspeitos da morte de vocalista da Júnior e Banda são presos

Cantor Melvino de Jesus Júnior foi assassinado com três tiros , minutos depois de sair de um show, no dia 29 de abril, no município de Codajás. Suspeitos serão apresentados nesta terça-feira, segundo a polícia

Jucélio Paiva / [email protected]

Corpo do cantor Melvino de Jesus Júnior foi exumado nesta segunda-feira (Foto: Divulgação)

Manaus – A Polícia Civil (PC) prendeu, nesta segunda-feira (12), duas pessoas envolvidas na morte do cantor Melvino de Jesus Júnior, que era vocalista do grupo Júnior e Banda, assassinado com três tiros no peito, minutos depois de sair de um show, no dia 29 de abril, no município de Codajás (distante a 297 quilômetros de Manaus). A informação foi confirmada pelo delegado Juan Valério, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Na manhã desta segunda-feira (12), o corpo de Junior que estava enterrado há pouco mais de um mês, passou por exumação no cemitério Parque Tarumã, zona oeste da capital. Segundo o delegado Juan Valério, o procedimento foi necessário para uma perícia complementar.

blank

A exumação aconteceu na manhã desta segunda-feira, no cemitério Parque Tarumã (Foto: Raquel Miranda)

O delegado não confirmou se a remoção do corpo foi para a retirada dos projéteis alojados no peito do cantor, mas comentou que o corpo foi entregue para a família, sem passar por exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML).

Segundo Valério, que investiga o caso, à época, devido o município não ter um IML, o delegado local nomeou peritos para realizar uma perícia preliminar. As investigações abriram a necessidade de uma perícia complementar no corpo do cantor, segundo Valério, e o caixão foi encaminhado para procedimento no IML.

O delegado não revelou os nomes das pessoas presas suspeitas do assassinato, mas confirmou que os envolvidos serão apresentados às 10h desta terça-feira, na sede da Delegacia Geral da PC, no Dom Pedro, zona centro-oeste, assim como esclarecimentos sobre  a motivação e demais pessoas envolvidas  no assassinato do cantor.

Anúncio