Dupla de estelionatários é presa em garimpo no interior do AM

Cerca de 200 pessoas foram vítimas da dupla, que anunciava cartas de crédito para carros. Os prejuízos ultrapassam R$ 500 mil

Manaus – Dois homens foram presos por estelionato, na noite da última sexta-feira (30), em um garimpo no município de Japurá (a 744 quilômetros a noroeste de Manaus), na fronteira com a Colômbia. Cerca de 200 pessoas foram vítimas da dupla. Os prejuízos ultrapassam R$ 500 mil.

Em coletiva de imprensa no 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o delegado Torquato Mozer explicou que a dupla anunciava cartas de crédito para carros, e pedia um prazo de 30 a 45 dias para entregar o documento. Somente depois, as vítimas descobriam que as cartas eram falsas.

“As investigações começaram há oito meses, quando as pessoas vieram para a delegacia registrar boletim de ocorrência. Ao perceber que muitas pessoas estavam ameaçando, a dupla fugiu para Japurá, por ser um município longínquo. Mas montamos um força tarefa e fomos até esse garimpo, que fica há 12h, de lancha, de Japurá. Visitamos o garimpo até encontrá-los”, explicou Mozer.

Dupla foi presa em um garimpo na fronteira do Brasil com a Colômbia (Foto: Reprodução)

Ainda segundo o delegado, 200 pessoas foram vítimas do golpe, sempre do mesmo modus operandi. “A estimativa é que, somados, os prejuízos das vítimas ultrapassem R$ 500 mil, podendo ser maior, caso apareçam novas vítimas”, completou.

A prisão contou com o apoio do Departamento de Polícia do Interior (DPI) e da equipe da 59ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Japurá. Os homens já estão presos e à disposição da Justiça.