Dupla especializada em furtar idosos é presa pela polícia

Os irmãos estavam atuando, em Manaus, há 17 dias e, desde então, vinham sendo monitorados pela polícia

Manaus – Os irmãos Fábio Leite de Sousa, 35 e Fabrício Leite de Sousa, 31, foram presos em Manaus, por policiais da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), neste domingo (21). De acordo com o delegado Adriano Félix, a dupla é especializada em furtar cartões bancários de idosos e fazer saques das contas das vítimas.

Antes de serem detidos na capital amazonense, os irmãos, oriundos do Ceará, já haviam sido presos nas regiões Nordeste e Sudeste do país pelos mesmos golpes praticados por 12 vezes.

De uma das vítimas, um idoso de 72 anos, os irmãos furtaram a quantia de R$ 1.050 (Foto: Sandro Pereira)

Conforme as investigações, a dupla estava atuando, em Manaus, há 17 dias. No último domingo, furtou de dentro de uma agência, no Parque 10, o cartão de um idoso de 72 anos. “Eles se passavam por funcionários dessas agências. Quando o idoso usava o terminal eletrônico, um deles se aproximava e dizia que precisava trocar a senha. Daí em diante se apropriava dos dados e trocavam os cartões das vítimas”, disse Félix.

Da conta do idoso, segundo o delegado, os irmãos sacaram R$ 1.050. Conforme Félix, até agora, a polícia já identificou outras seis fraudes praticadas por Fábio e Fabrício. “Aqui eles se hospedavam em hotéis, alugavam carros, quitinetes. Como eles pagavam tudo isso? Enganando essas pessoas”, disse o delegado.

Os irmão, que segundo o delegado, já estavam sendo investigados desde o dia em que chegaram em Manaus, foram presos por volta das 17h40. Fabrício foi localizado, no Cidade de Deus, enquanto caminhava próximo ao Jardim Botânico. Já Fábio, foi localizado na Rua 35, no bairro Monte Sião.

Com a dupla os policiais apreenderam 30 cartões de crédito e uma quantia em dinheiro sacada da conta do idoso, além de um carro modelo Voyage. Os irmãos foram autuados em flagrante pelo crime de furto mediante fraude. Eles serão encaminhados para audiência de custódia.

Anúncio