Durante assalto, motorista cai de ônibus, é atropelado pelo veículo e morre

Antônio Bento da Silva Filho, 48, que era motorista da linha 515, travou luta corporal com o assaltante dentro do veículo, no cruzamento das avenidas 7 de Setembro com Getúlio Vargas, no Centro

Antônio Bento da Silva, 48, morreu durante assalto ao ônibus do qual era motorista (Foto: Pablo Medeiros)

Manaus – Nesta sexta-feira (15), por volta das 6h, um ônibus da linha 515 foi assaltado no cruzamento das avenidas 7 de Setembro com Getúlio Vargas, no bairro Centro, zona sul da capital. Durante a ação criminosa, o motorista do veículo identificado como Antônio Bento da Silva Filho, 48, travou luta corporal com o assaltante, mas acabou caindo para fora do coletivo e morreu.

De acordo com informações preliminares, o motorista reagiu ao assalto após o indivíduo ir em direção a cobradora. Antônio se levantou rapidamente do assento e começou uma luta corporal contra o assaltante, mas na hora ele se desequilibrou, caiu do coletivo, bateu a cabeça e ficou com parte do corpo debaixo do veículo que estava sem o freio de mão puxado. A roda do ônibus acabou passando por cima do tórax dele.

Uma equipe da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) esteve no local prestando os primeiros socorros a vítima. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e levou Antônio para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto ainda com vida, mas ao chegar na unidade de saúde, ele teve duas paradas cardíacas, não resistiu e acabou morrendo. O assaltante conseguiu fugir levando o celular da vítima e a renda do ônibus.

A família, que registrou Boletim de Ocorrência (BO), no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), disse que o corpo será velado próximo a residência da vítima, em uma igreja da Assembleia de Deus, na zona leste da capital. “Meu marido era muito querido pelos colegas de trabalho e pelos passageiros”, declarou a esposa dele, Cristiane da Silva.