Eletricista é executado a tiros enquanto assistia partida de futebol em bar, no Parque das Nações

Segundo testemunhas, o homem estava jogando dominó e foi executado logo após atender a uma ligação. Dois criminosos fugiram sem ser identificados

Manaus – O eletricista Raimundo Cleitomar Costa Barbosa, conhecido como ‘Cleiton’, 43, foi executado com pelo menos 15 tiros de pistola calibre 9mm, na noite desta quarta-feira (2), enquanto assistia a uma partida de futebol na frente de um bar, na Rua Romênia, bairro Parque das Nações, zona centro-sul da capital. Outro homem foi baleado no pé durante a ação criminosa, conforme informações de policiais militares da 12ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Homem foi executado à queima-roupa na frente de bar (Foto: Jucélio Paiva/Divulgação)

A filha da vítima, Adria Caroline Teles de Souza, 25, contou que o pai havia saído de casa para jogar dominó com amigos e foi assassinado após ter recebido uma ligação telefônica. Uma testemunha, que estava com o eletricista no momento do crime, confirmou a informação.

Segundo a testemunha, após voltar para encontrar os amigos, depois de ter atendido a ligação, Cleiton foi surpreendido por um homem armado que efetuou os disparos à queima roupa e, em seguida, fugiu em um carro Ônix prata, de placa não identificada, com a ajuda de outro comparsa que aguardava na esquina da Rua 3, do Parque das Nações.

O crime ocorreu por volta das 20h30, segundo a polícia. Os criminosos fugiram sem ser identificados. A filha do eletricista contou que o pai era conhecido na área e não tinha rixa com ninguém.

A família comentou, ainda, que deve pedir ajuda dos moradores que têm câmeras de segurança nas residências e estabelecimentos comerciais da área para tentar identificar os criminosos.

O homem baleado no pé foi identificado apenas como ‘Raimundo’. Ele foi socorrido por um morador da área e levado para um hospital da capital. O corpo do eletricista foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o crime.