Foragido é capturado após ser investigado por roubo à casa de militar da Aeronáutica

Segundo o delegado, “Caveirinha” era investigado por um roubo ocorrido no dia 5 de janeiro deste ano, na casa de um militar da Força Aérea Brasileira (FAB)

Manaus – Acreditando que ia ficar impune por um crime ocorrido em 2008, o então foragido da Justiça Bruno Ferreira Reis, 33, conhecido como “Caveirinha”, foi preso, nesta quarta-feira (10), após passar quase nove anos foragido. O homem foi condenado a seis anos de prisão, após tentar matar um vigilante na zona leste de Manaus, segundo informou o delegado Pablo Giovanni, do 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Segundo o delegado, “Caveirinha” era investigado por um roubo ocorrido no dia 5 de janeiro deste ano, na casa de um militar da Força Aérea Brasileira (FAB), localizada no bairro São José, zona leste da capital.

Homem foi capturado nesta quinta-feira (11) (Foto: Jucélio Paiva/Divulgação)

Mas, segundo o delegado, os policiais constataram que havia um mandado de prisão em nome de Bruno pela tentativa de homicídio contra um vigilante, em 2008, e que “Caveirinha” já responde a outros cinco processos pelos crimes de roubo e furto.

Ainda segundo o delegado, em 2008, “Caveirinha” tentou matar um vigilante de uma loja no bairro Coroado, zona leste de Manaus.

O homem foi julgado em 2010 e condenado a seis anos de prisão em regime fechado, mas fugiu após conseguir uma saída temporária, em 2010, e não retornar para a unidade prisional.

Ainda segundo o delegado, “Caveirinha” negou que tenha assaltado a casa do militar, de nome não divulgado, mas seguiu para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), porque estava com mandado de prisão em aberto pela tentativa de homicídio que vitimou o vigilante.