Foragido há anos, autor da morte de escrivão da polícia civil é preso no Pará

O crime aconteceu em 2007 após uma discussão entre o irmão do suspeito com o escrivão por conta de uma partida de futebol

Manaus – Jailson Lima Leite, 46, foi preso nesta sexta-feira (14), na cidade de Castanhal (PA), em cumprimento de mandando de prisão pelo homicídio do escrivão da polícia civil, José Francisco Carvalho da Silva. O crime aconteceu em 2007. O homem estava foragido desde 2014.

De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o crime aconteceu após uma discussão do irmão de Jailson com o escrivão, os homens teriam se desentendido por conta de uma partida de futebol.

O caso está sendo investigado pela DEHS (Foto: Arquivo GDC)

“Segundo apontam os altos, o escrivão teria tido um desentendimento com o irmão do Jailson eles teriam se lesionados e o escrivão teria tentado fazer a prisão dele. O Jailson não sabia o que tinha acontecido, ele achou que o irmão estava sofrendo alguma agressão, ele teria pego uma arma de fogo e efetuado disparos em direção ao escrivão da policial civil”, explicou o titular da DEHS, Charles Araújo.

Durante a ação criminosa, Jailson também foi atingido. Ele passou um tempo no hospital, chegou a ser preso, mas passou a responder o crime em liberdade. O homem saiu do Amazonas e não comunicou à Justiça, que tentou por diversas vezes notificá-lo, mas não obteve resposta. Ele já havia se estruturado em Castanhal e era proprietário de uma padaria.

Jailson foi preso pela equipe da polícia civil do Amazonas. Ele será encaminhado a audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

Anúncio