Grupo invade banco, faz vigilantes reféns e arromba cofre, em Iranduba

Segundo a PC, os assaltantes entraram na agência, no fim de semana, por uma área de ventilação dos fundos do prédio. Os vigilantes tiveram suas armas roubadas

Da Redação / [email protected]

Caso foi registrado na manhã desta segunda-feira, na 31ª DIP (Foto: Reinaldo Okita)

Manaus – A Polícia Civil do Amazonas iniciou o trabalho de investigação, nesta segunda-feira (3), do assalto a uma agência do Banco do Brasil, ocorrido durante a madrugada de sábado (1º), em Iranduba (a 27 quilômetros a sudoeste de Manaus). De acordo com o delegado Antonio Chicre Neto, titular da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município, os assaltantes entraram na agência por uma área de ventilação dos fundos do prédio e arrombaram o cofre com maçarico.

Conforme o delegado, o Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado na manhã desta segunda-feira, por volta das 8h, pelo gerente interino da agência, Douglas Andrade Brasil. “Quando os funcionários chegaram ao local para trabalhar constataram o roubo e procuraram imediatamente a delegacia para fazer o registro do crime”, informou.

Antonio Chicre disse, também, que os dois vigilantes foram rendidos pelos criminosos. Segundo o gerente da agência bancária, por volta das 3h15 de sábado, o alarme disparou e a empresa que monitora o equipamento tentou por diversas vezes acionar a Polícia Militar, por meio do serviço 190 de Iranduba, mas as ligações não completaram.

O gerente da agência não informou no BO a quantia em dinheiro roubada. As armas dos seguranças foram levadas pelos assaltantes que, segundo eles, utilizaram um veículo tipo picape na fuga. O Departamento de Perícia Técnico e Científico (DPTC) foi acionado para realizar exame de perícia na agência. O crime será apurado pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), em conjunto com a 31ª DIP de Iranduba.

Segundo caso

O delegado da 31ª lembrou que esse é o segundo caso de roubo registrado no Banco do Brasil daquela cidade. A última aconteceu no dia em maio, quando os assaltantes não conseguiram abrir o cofre e fugiram deixando no local uma furadeira profissional e alicates.

Anúncio