Homem confessa que matou venezuelana a facadas após ela reagir a roubo dentro de casa

Elder contou à polícia, que quando entrou na casa, ouviu o barulho do chuveiro, pois o marido da vítima estava tomando banho. Ele só não contava que a vítima iria reagir, para tentar se defender

Manaus – Elder Ribeiro, apontado como autor do homicídio de Franyerlis Pastora Escobar Almao, 25, confessou o crime na manhã desta sábado (7), durante depoimento, na Sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). O homem responderá por latrocínio (roubo, seguido de morte).

(Foto: Nainy Castelo Branco / GDC)

De acordo com o Núcleo de Combate ao Feminicídio, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o homem confessou à polícia, que entrou na kinet do casal, com a intenção de subtrair objetos, para vender, com o dinheiro ele compraria drogas.

“Ele acabou de confessar o delito, trata-se de um latrocínio. O Elder entrou na casa dessa vítima, o companheiro dela estava tomando banho, era cinco horas da manhã, ele diz que a intenção dele era realmente era levar algum objetivo para vender e comprar drogas, porque ele é viciado em craque”, explicou a diretora do núcleo, Marília Campello.

Elder contou à polícia, que quando entrou na casa, ouviu o barulho do chuveiro, pois o marido da vítima estava tomando banho, Elder só não contava que a vítima iria reagir, para tentar se defender. Ele desferiu os golpes de facadas, e fugiu, se escondendo em outro bairro da capital.

Elder se entregou na tarde desta sexta-feira (6), na sede da DEHS, acompanhado de um advogado, inicialmente, negou o crime, ele se entregou porque sua mãe o convenceu.

Ribeiro passará por audiência de custódia, e será encaminhado a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça. Ele responderá pelo crime de latrocínio, roubo, seguido de morte.

Franyerlis, foi morta na madrugada do último domingo (1), por volta das 5h da manhã, na kitnet, que morava com o marido, Rodrigo Alfonzo Mendonça, 39, no bairro Alvorada, zona centro-oeste da capital. Câmeras de segurança registraram o momento em que Elder saiu da casa correndo, após cometer o crime.

Anúncio