Homem é assassinado a tiros e cartaz é deixado ao lado do corpo explicando o motivo

Crime aconteceu na Vila Marinho. De acordo com a polícia, a vítima foi cercada por três carros e uma moto, e executada com mais de 10 tiros na cabeça

Manaus – O autônomo Marcos Plínio Soares da Silva, 45, foi assassinado na noite deste sábado (11) quando caminhava pela Rua 1 do conjunto Vila Marinho, bairro Compensa, zona oeste de Manaus. De acordo com a polícia, ele foi cercado por três carros e uma moto, e executado com mais de 10 tiros na cabeça. Um cartaz explicando o motivo do assassinato foi deixado ao lado do corpo.

Um cartaz explicando o motivo da execução foi deixado ao lado do corpo (Foto: Divulgação)

Os policiais militares que atenderam a ocorrência informaram que Marcos era morador do bairro Santo Agostinho, também localizado na zona oeste. Na noite de sábado, por volta das 20h, ele foi à Vila Marinho visitar familiares, e quando caminhava pela Rua 1, três carros e uma moto o cercaram. Um homem, não identificado, saiu de um dos carros e atirou contra Marcos. Ele ainda correu por alguns metros, mas os ocupantes dos outros carros também saíram e atiraram várias vezes. Segundo a polícia, Marcos foi alvejado com mais de 10 tiros, a maioria na região da cabeça. O homem morreu no local.

Um cartaz escrito “X9 arrochador safado. Essa é pelo Neto e pelo Grande” foi deixado ao lado do corpo. Familiares da vítima disseram que traficantes da área suspeitavam que Marcos passava informações para a polícia sobre o tráfico de drogas na região, e esse seria o motivo do crime.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção do corpo.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso.