Homem é executado com 8 tiros no T1 e bala perdida atinge cabeça de estudante

Após ser atingido pela bala perdida, o estudante Thiago dos Santos Rocha, 25, correu até o SPA do São Raimundo, na zona oeste de Manaus, em busca de socorro

Manaus – O estudante Thiago dos Santos Rocha, 25, atingido com um tiro na cabeça durante um homicídio dentro do Terminal de Integração 1 (T1), na Avenida Constantino Nery, Centro de Manaus, correu até o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do bairro São Raimundo, na zona oeste da cidade, em busca de socorro, no fim da tarde desta terça-feira (21), conforme afirmou o tenente Hytalo Bruno, da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Por volta das 17h, três criminosos entraram no T1, em um carro Cobalt preto, de placa não identificada, e um deles desceu do veículo e executou um homem com oito tiros de pistola calibre 380 milímetros. Durante a ação dos suspeitos, um dos disparos acabou acertando o estudante, que aguardava um ônibus do transporte público.

Homem foi executado com oito tiros de pistola calibre 380 milímetros dentro do T1 (Foto: Cristiano Ximenes/GDC)

Testemunhas relataram que o homem executado era conhecido na área do T1 apenas como ‘Buquinha’. Em um dos bolsos da vítima, os policiais militares da 24ª Cicom encontraram uma carteirinha de vale transporte, em nome de Rogério de Freitas Vilhena, e a suspeita é que seja do homem executado.

De acordo com o tenente Hytalo Bruno, após correr e pedir ajuda no SPA do São Raimundo, o estudante Thiago dos Santos foi transferido para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, na zona leste de Manaus. “A situação causou um certo pânico, mas graças a Deus não teve um dano maior. Entretanto, o estudante que estava perto do homem executado acabou sendo atingido”, disse.

Peritos do Departamento de Polícia Técnico-Cientifica (DPTC) relataram que os oito disparos atingiram cabeça, tórax, braços e pernas da vítima fatal.

O corpo do homem foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), na zona norte, e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.

Após ser baleado na cabeça, o estudante Thiago dos Santos Rocha correu até o SPA do São Raimundo, na zona oeste, em busca de socorro (Foto: Eraldo Lopes/Arquivo GDC)