Homem é morto com tiro na nuca; ele já tinha passagem pela polícia

Segundo informações repassadas à equipe da 25ª Companhia Interativa Comunitária, ao perceber que estava sendo perseguida, a vítima ainda tentou correr, mas foi atingida com o tiro

Manaus – Jarcley Monteiro da Silva, 30, foi morto na noite deste domingo (1º), na Rua Doutor Edson, no Conjunto Nova Luz, bairro Zumbi, zona leste da capital. De acordo com informações de moradores repassadas à equipe da 25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a vítima estava em via pública quando foi perseguida por um homem não identificado. Ao perceber a ação, tentou correr, mas foi atingida com um tiro.

Ainda segundo o delegado plantonista Denis Pinho, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Jarcley tinha passagem na polícia por roubo. “A vítima era moradora da região e temos a informação que foi perseguida. No local, foi constatado que recebeu um disparo na região da nuca e o projétil parou na testa. Segundo informações preliminares, tem ele passagem por roubo e é usuário de drogas”, esclareceu o delegado.

Jarcley Monteiro da Silva foi atingido com um tiro na nuca que ficou alojado na testa (Foto: Reprodução)

O delegado disse, ainda, que a família de Jarcley não tem conhecimento de quem possa ter cometido o crime. “A Delegacia de Homicídios está fazendo os levantamentos preliminares sobre o homicídio, verificando imagens das câmeras de segurança da região e vamos aguardar o laudo necroscópico para saber qual projétil foi utilizado”, adiantou Pinho.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para remover o corpo e a DEHS  investiga o caso.

Anúncio