Homem é preso nove anos após estuprar ex-cunhada, uma menina de seis anos

A vítima tem 14 anos e em 2019, a mãe da adolescente encontrou uma carta da filha, na qual continha informações que ela pensava em tirar a própria vida

Manaus – Um homem de 32 anos, que trabalha como repositor de estoque, foi preso na manhã desta quarta-feira(14) pelo crime de estupro de vulnerável cometido no ano de 2011. A prisão ocorreu no beco São Cristóvão, bairro Compensa 2, zona oeste da cidade.

Delegada Joyce Coelho (Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM)

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), o indivíduo abusou sexualmente da ex-cunhada quando ela tinha entre 6 e 7 anos de idade. “Atualmente, a vítima tem 14 anos e em 2019, a mãe da adolescente encontrou uma carta da filha, na qual continha informações que ela pensava em tirar a própria vida. Na ocasião, todo abuso cometido pelo ex-cunhado foi relatado pela adolescente”, comentou a delegada.

Conforme a titular, após o crime ser descoberto, a genitora da adolescente registrou um Boletim de Ocorrência (BO), ocasião em que foi aberto um Inquérito Policial (IP) para apurar os fatos, porém, o autor não foi localizado para prestar esclarecimentos. Diante disso, foi solicitado o mandado de prisão preventiva em nome dele, que foi expedido no dia 28 de agosto deste ano, pela juíza Patrícia Chacon de Oliveira Loureiro, da 1ª Vara Especializada em Crimes Contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

Procedimentos – O infrator irá responder pelo crime de estupro de vulnerável. Após os procedimentos cabíveis na Especializada, ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Anúncio