Homem é preso pela segunda vez por tentativa de estelionato em agência bancária

Suspeito foi reconhecido por um funcionário do banco que acionou a polícia

Manaus – Anderson Carlos Oliveira Teles, 26, foi preso por tentativa de estelionato em uma agência bancária, para conseguir um cartão de crédito com limite de R$ 30 mil. A prisão aconteceu na Avenida Mário Ypiranga, bairro Adrianópolis, zona centro-sul de Manaus.

De acordo com o delegado Aldeney Goes, titular da DERFV, o indivíduo pegou o documento do próprio sogro dele, um homem de 57 anos, para a prática do crime. Segundo o delegado, o infrator informou ao sogro que utilizaria o documento dele para dar entrada em um apartamento.

Foto: Divulgação

“Dias depois, Anderson o levou até uma agência bancária, sem dizer que seria para uma falsa análise de crédito para clientes de alta renda. No local, o autor se passou por filho dele e informou que o homem era médico. Além disso, afirmou que o homem possuía uma renda alta, e que gostaria de um cartão de crédito com limite de R$ 30 mil”, explicou Aldeney.

Segundo a autoridade policial, os funcionários do banco perceberam que o homem não respondia nenhuma pergunta, apenas Anderson falava e, desconfiando disso, contataram a Especializada, após um funcionário recordar que o autor já havia sido preso por estelionato.

“Imediatamente nos deslocamos ao endereço e efetuamos a sua prisão. Constatamos, ainda, que ele já possui passagem pela polícia pelo crime de estelionato, com a aplicação de golpes durante a compra e venda de automóveis”, relatou o titular da DERFV.

Procedimentos – Anderson foi autuado pelos crimes de tentativa de estelionato e falsidade ideológica. O sogro dele prestou esclarecimento e declarou que não sabia das intenções do genro, em seguida, foi liberado. Após os procedimentos cabíveis, o infrator será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

 

Anúncio