Homem é preso por fabricar documentos falsos e aplicar golpes, na Ponta Negra

O homem foi preso enquanto comprava um carro utilizando a documentação de um falecido. Mais de 100 documentos de identidade foram apreendidos

Manaus – Um homem, que não teve o nome divulgado, foi preso, na tarde desta terça-feira (11), por confeccionar carteiras de identidade falsas e aplicar golpes, em um condomínio de luxo, no bairro Ponta Negra, zona oeste de Manaus. De acordo com informações policiais, mais de 100 documentos de identificação foram apreendidos.

A polícia investiga o caso a cerca de um mês. De acordo com o titular do 12° Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegado Raul Neto, o homem foi preso em uma concessionária de luxo na capital. “Após as investigações, associadas aos Boletins de Ocorrência (BO) das vítimas, passamos a monitorar o indivíduo, que foi preso enquanto comprava um carro no valor de R$ 75 mil, utilizando identidade e até mesmo uma procuração falsa”, disse o delegado.

Ao abordar o suspeito, a polícia constatou que ele estava em posse de um documento falso no nome de Flávio Soares, assassinado aos 54 anos em um posto de gasolina, no dia 11 de janeiro de 2019. A vítima era personal trainer e coreógrafo.

No condomínio de luxo foram encontrados e apreendidos vários cartões de crédito, computadores, um carro de luxo, televisões, notebooks, máquinas de cartão de crédito e débito, além de certidões de nascimento e de óbito e carteiras de identidade.

O homem foi conduzido ao 12º DIP para os procedimentos cabíveis. Ele vai responder por falsidade ideológica e associação criminosa. A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) continua com as investigações em torno do caso.

Anúncio