Homem é preso suspeito de estuprar vizinha de 9 anos, no Cacau Pirêra

Ele foi indiciado por estupro de vulnerável e será transferido para uma das prisões de Manaus

Manaus – A Polícia Civil informou, na tarde desta segunda-feira (18), um homem, de 26 anos, suspeito de estuprar a vizinha, de 9 anos, no Distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba (a 27 quilômetros a sudoeste de Manaus). A prisão ocorreu, na manhã desta terça, em cumprimento a mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável.

De acordo com o delegado Antonio Chicre Neto, titular do Posto de Policiamento Integrado (PPI), o crime aconteceu em março deste ano, no bairro Alto de Nazaré, em Iranduba. O homem é vizinho da menina e, segundo o delegado, se aproveitou da confiança, que a família da criança tinha nele, para estuprar a criança. As investigações iniciaram quando a família da garota suspeitou do crime.

Identidade do homem não foi divulgada para preservar a criança (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O delegado afirmou que o estupro foi constatado e, em seguida, a equipe do PPI solicitou o pedido de prisão preventiva do homem, que foi expedido, no dia 27 de maio deste ano, pelo juiz de Direito Túlio de Oliveira Dorinho, da Comarca de Iranduba.

“Na manhã desta terça-feira, o infrator compareceu ao prédio do PPI, após ser notificado. Ele foi ouvido e cumprimos o mandado de prisão em nome dele”, afirmou Chicre Neto.

O homem foi levado à 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), em Iranduba. Ele foi indiciado por estupro de vulnerável e será transferido para uma das prisões de Manaus.

Anúncio